A minha casa é o meu laboratório.

Cada vez mais eu percebo, abismada, o quanto as pessoas não conseguem ficar em casa. Poderia passar horas divagando aqui sobre a minha jornada com a minha casa e como eu a amo, mas esse não é o ponto agora. O ponto agora é que as pessoas não conseguem mais ficar em casa.

Elas têm medo. Elas morrem de medo de ter que passar algumas horas em casa. É sério, parece brincadeira, mas minha pesquisa empírica – vulgo, prestar atenção no que as pessoas estão falando – demonstra de forma clara o quanto as pessoas têm medo de ficar em casa. Elas nem estão prestando atenção no que querem dizer quando falam o que falam, mas eu estou.

“Eu prefiro ir pra qualquer lugar do que ficar uma noite a mais em casa”. “Tá, você ficou em casa todo esse tempo?”. “Mas, o que você faz pra se divertir?”. Simples frases que revelam muito. Talvez aqui jogadas não pareça, mas da próxima vez que você ouví-las, preste atenção. No contexto. O contexto revela muito.

E não me leve à mal, eu não julgo. E não julgo mesmo, eu já fui assim. Já fui muito assim. Dói ter que ficar em casa quando ainda não temos um carinho por ela, quando ainda não estabelecemos uma conexão profunda com nós mesmos.

Por favor, não leve esse texto pro lado racional da coisa. Eu sei que lendo não parece fazer sentido. Então só sinta. Deixa a energia das minhas palavras te tocar, e não tente entender de forma lógica. Eu não estou nem falando muito da casa como lugar físico. Tô indo além. Então só sinta.

Precisamos aprender a ficar em casa. A se divertir em casa. A se descobrir em casa. O bem mais valioso que existe nesse universo é o tempo passado em casa. Vivido em casa. Não adianta passar tempo em casa mexendo no celular, ou só vendo televisão. Viva a sua casa. Se descubra em casa. É bem ali mesmo que você vai descobrir quem você é. Quem você quer ser. E é ali mesmo que você vai começar a se tornar essa pessoa que você quer ser.

Por favor, viva um tempo em casa. Pegue um alimento na mão e sinta seu cheiro. Sua textura. Qual a cor? Qual o sabor? O que te deu vontade de cozinhar com ele? Hoje acaba em pizza.

Peraí que eu vou limpar o banheiro. Eita, o que é isso aqui? Que objeto é esse que eu nem lembrava que eu tinha? Nossa, como é lindo!

Quer saber, eu vou arrumar meu guarda-roupa. Tem muita cois… meu Deus olha essa blusa! Eu nem lembrava que eu tinha ela! Caramba, eu usei ela naquela viagem incrível pros andes suíços na tailândia. Nossa, que viagem incrível que foi. Que saudade. Qual será minha próxima viagem? Bem que eu podia ir passar um tempo esquiando no Havaí né? Ninguém nunca ouviu falar do Butão, é pra lá que eu vou!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s